Conecte-se Conosco

Educação

BRDE apoia inovação em indústria agro tecnológica para controle de pragas no campo.

Publicado

em

BRDE apoia inovação em indústria agro tecnológica para controle de pragas no campo.

A partir de projeto financiado pelo Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul (BRDE), a indústria de fertilizantes Innova, de Foz do Iguaçu, passou a produzir em 2021 produtos para controle biológico de pragas no campo. O financiamento foi obtido a partir da linha Finep/Inovacred, dentro do programa BRDE Inova, voltada para processos de inovação em empresas de micro, pequeno e médio porte com receita operacional bruta anual de até R$ 90 milhões.

O Programa BRDE Inova financiou R$ 94,1 milhões nos últimos três anos no Paraná, sendo R$ 73 milhões com recursos da Finep/Inovacred. Como se trata de investimentos de longo prazo, os resultados impactarão a economia, em média, a partir de dois anos de implantação.

“Cada projeto financiado no programa BRDE Inova é motivo de celebração, pois significa valor agregado em muitas cadeias de produção. E nossa equipe está sempre atenta às oportunidades para ajudar empresas buscarem recursos como os da Finep, colaborando na adequação dos projetos. O BRDE é o maior agente operador da Finep no Brasil”, explicou o presidente do Banco, Wilson Bley Lipski.

Empresa selecionada pelo BRDE Labs apresenta soluções para produção por inovação aberta
IMPULSO – O diretor-presidente da Innova, Adriano Azeredo, explicou de que forma investimentos como esse impulsionam a agro tecnologia no Paraná. “Quando iniciamos nossas atividades em 2012, parecia um sonho muito distante ter uma indústria de agro tecnologia em Foz do Iguaçu, pois é uma cidade mais voltada ao turismo. A mão de obra especializada no nosso setor é muito rara”, explicou o empresário. “Mas, após 10 anos de projeto, conseguimos obter muito êxito. Possuímos mais de 200 funcionários e estamos entre as 10 maiores empresas do nosso setor no Brasil”, afirma

O projeto de pesquisa e desenvolvimento prevê produção comercial de bioinseticidas para controle de pragas, biofungicida para controle de fitopatógenos, e bionematicida que controla doenças provocadas por nematoides. Também houve investimento em estruturas físicas e equipamentos, assim como a construção de um laboratório.

No Paraná, agronegócio representa 60% das contratações do BRDE.
A Innova Ltda iniciou suas atividades no ano de 2014. A empresa fabrica e comercializa fertilizantes compostos por macro e micronutrientes e possui uma linha de produtos para atender as necessidades nutricionais dos mais diversos cultivos. Com unidade produtiva em Foz do Iguaçu e centros de distribuição em Mato Grosso, Mato Grosso do Sul e Rio Grande do Sul, possui uma das mais modernas plantas industriais do Brasil no ramo de fertilizantes foliares, e foi projetada para ser modelo de inovação no uso de tecnologias de produção e no conceito de indústria sustentável.

A empresa aguarda aprovação de outras duas propostas de financiamento no BRDE. Uma para capital de giro que seja destinada à indústria de embalagens e outra voltada à construção de nova indústria de fertilizantes, a ser instalada no Biopark de Toledo.

Para mais informações sobre a linha de financiamento em projetos de inovação no site

https://www.brde.com.br/servicos/inovacao/

https://www.brde.com.br/

Educação

Sacada do MIS vira palco de shows durante a 20ª Semana dos Museus.

Publicado

em

De

Sacada do MIS vira palco de shows durante a 20ª Semana dos Museus.

Como parte da programação da 20ª Semana dos Museus, que começa nesta segunda-feira (16), o Museu da Imagem e do Som, em Curitiba, oferece a sacada do prédio como palco para as apresentações musicais, sempre no horário do almoço. Quem dará a palhinha serão alunos da Universidade Estadual do Paraná que participam do projeto de extensão Guitarras da Unespar, iniciativa em parceria com a Embap e Proec.

MON oferta programação especial na 20ª Semana Nacional de Museus
Biblioteca Pública do Paraná retoma ciclo de encontros com unidades do Interior
As apresentações do “Música na Sacada” acontecerão de segunda a sábado, às 13h. Serão 20 minutos de som com um repertório que irá transitar pela Bossa Nova, Choro e Jazz.

Os shows fazem parte da programação da 20ª Semana de Museus, proposta e coordenada pelo Instituto Brasileiro de Museus (Ibram) para fortalecer o laço entre o público e essas instituições.

Além do “Música na Sacada”, o MIS-PR também promove a “Visita Guiada Noturna” pelo museu no dia 17, às 18h30, aberta ao público.

Programação do Música na Sacada:

16/05 – Eduardo Lobo e Rudson Souza

17/05 – Ana Paula Peters, Eduardo Lobo e Pedro Vicini (choro)

18/05 – Eduardo Lobo e Erik Bordez da Silva

19/05 – Eduardo Lobo e Rafael Ruby

20/05 – Eduardo Lobo, Rodrigo Mendes e Nicholas Trezi

21/05 – Eduardo Lobo, Winicius Rodrigues e Raquel Pereira

 

Sacada do MIS vira palco de shows durante a 20ª Semana dos Museus.

 

Continue lendo

Celebridades

Modelo e Influenciadora Diana Villas Boas brilha no desfile das campeãs e esbanja simpatia com os fãs

Publicado

em

De

Que Diana Villas Boas sempre é um espetáculo à parte por onde passa, todo mundo já sabe. Mas, a modelo conseguiu se superar na beleza e no look do estilista Rafael Carneiro da grife Splash no desfile das campeãs do Rio de Janeiro no último sábado, 30 de abril. O visual contava com bastante pedraria e recortes que valorizaram ainda mais o corpo de Diana. A modelo foi uma das presenças no Camarote Brahma N°1 na Sapucaí.

Carinho com os fãs

Além da beleza, Diana esbanjou simpatia no camarote. A modelo conversou bastante com fãs presentes no local e fez questão de atender a todos com fotos, vídeos, abraços e muitos sorrisos. O carinho que ela tratou a todos pode ser notado por quem estava por perto. Toda a boa energia e afeto do Carnaval estavam mesmo no ar!

Continue lendo

Educação

Barack Obama promove ações antirracista no camarote Lapa na Sapucaí, durante desfile das escolas de samba

Publicado

em

De

Na contagem regressiva para o carnaval fora de época, no Rio de Janeiro, os foliões que assistirem aos desfiles das escolas do Grupo Especial serão convidados a fazer uma importante reflexão sobre questões políticas e sociais do Brasil e do mundo. Racismo, crise financeira, desigualdade social e corrupção, estão entre as discussões do cotidiano que chegaram aos enredos dentro da avenida do samba, e também nos camarotes. Liderados pelo escritor e internacionalista Henrique Barack Obama, o Camarote Lapa receberá nos dias 22, 23 e 30 de abril ações em prol da inclusão social, combate ao preconceito e empoderamento de Africanos e Afrodescentendes.

A iniciativa faz parte do projeto “BLACKDM”, criado e desenvolvido por Henrique, brasileiro Embaixador do Movimento Afro Desenvolvimentista que ganhou fama internacional por sua grande semelhança ideológica com o ex-presidente do Estados Unidos, Barack Obama. Previsto para ser lançado oficialmente no dia 25 de maio de 2022, a ação neste primeiro momento, além de apresentar o carnaval carioca para o mundo, também contará com o seminário “Transformando escravizados em senhores”, a conferência mundial da Diáspora Africana, entre outras ações. “É um ato histórico para o carnaval carioca, que pela primeira vez terá um dos camarotes na Marques de Sapucaí, que se propõe a ir muito além da diversão e da Cultura do Carnaval, atuando diretamente no ativismo”, comemora Henrique.

O projeto, de acordo com ele, conta ainda com uma metodologia que busca desenvolver um conjunto de ferramentas tecnológicas, que proporcionará o ensino para promover a qualificação profissional, e o desenvolvimento de pessoas na modalidade EAD. Além de mecanismos que fundamentada nos 16 pilares das atividades proporcionará aos países do continente africano, implementarem um novo modelo econômico utilizando o advento das Criptomoedas. Além de sistemas para desenvolver o agronegócio, melhorar a genética de gados, produção de frangos, ovinos, suínos, etc. O que, segundo Henrique Barack Obama, proporcionará aos países a se desenvolverem tecnologicamente, inclusive, realizando exploração das atividades de mineração de forma sustentável, fomentando o turismo e gerando emprego e renda através de jogos online e presencial, entre outras dezenas de oportunidades que serão disponibilizadas no avanço das relações.

“Depois que sofri um ataque racista, cheguei à conclusão que enquanto houver no rico e poderoso continente africano, negros pobres, subdesenvolvidos, sem acesso a novas tecnologias, e sem conhecimento para fazer uso de suas riquezas inexploradas para o benefício do povo negro. Nós negros, afrodescendentes, não seremos reconhecidos em igualdade por mais empoderado que sejamos. Ainda mais, que a grande maioria de nós, O POVO PRETO, que sobrevivemos as atrocidades cometidas aos nossos ancestrais no passado recente, fomos de certa forma encurralados na limitação através da desvantagem social”, explica Henrique Barack Obama.

E continua: “Antes dos invasores já tínhamos milhares de anos com a nossa própria cultura, e sempre fomos organizados em tribos. NUNCA SEREMOS VÍTIMAS! Pois temos DNA dos verdadeiros guerreiros. Todos os momentos que dizem buscar reparação social/histórica, sempre discursam nos conduzindo como direito de “minorias”. Como nós negros podemos ser minoria? Somos africanos e afrodescendentes, com ligações e laços inseparáveis! Independentemente de onde nascemos, ou estejamos, estamos ligados a mais de 2 bilhões de negros. Temos um continente inteiro só nosso. E como podem tentar fazer de quase 1/3 do planeta ser “uma minoria?” SOMOS UMA DAS MAIORES RAÇAS DO MUNDO!”, conclui.

Sobre Henrique Barack Obama:

Empresário, consultor, escritor, jornalista, empreendedor social e internacionalista, Cláudio Henrique Barack Obama se destaca pela versatilidade que imprime suas ideias e projetos baseados na sua experiência profissional e de vida. Isso tudo associado a um nível de conhecimento diversificado, preservando a sua simplicidade devido a sua origem e com grande preocupação com a sociedade em geral. Isso faz com que seus projetos, ideias e ideais alcancem o bem estar social, independente de nacionalidade, raça, cor ou credo.

Continue lendo

Educação

Oficina Gingas e Gestos marca mês de celebração do Dia Internacional da síndrome de Down

Publicado

em

De

O Instituto Olga Kos, no mês de março, promoveu uma série de atividades em comemoração ao Dia Internacional da síndrome de Down, entre elas, a oficina Ginga e Gestos em parceria com a instituição Nova 4E localizada no bairro Bresser/ Mooca zona leste de São Paulo.

A atividade que é realizada semanalmente teve o privilégio de acontecer exatamente no dia 21 de março, data que em alusão a trissomia do cromossomo 21 celebra o Dia Internacional da síndrome de Down.

A oficina teve um “clima” de festa já que no mesmo dia o IOK promovia o Cinema Inclusivo onde pessoas com síndrome de down tiveram acesso gratuito as salas de exibições, e diversas outras atividades de comemoração.

Sobre a oficina Ginga e Gestos

O Gingas e Gestos – Esporte e Inclusão é um projeto oferecido pelo Instituto Olga Kos que com oficinas de capoeira em formato híbrido (presencial e à distância) como meio de garantia de acesso de pessoas com e sem deficiência, ou em situação de vulnerabilidade social.
Crianças a partir de 06 anos, jovens e adultos podem participar das aulas que acontecem na Mooca, Zona Leste de São Paulo, de segunda a quinta entre janeiro e novembro de 2022.
A realização das oficinas contemplará 96 participantes, divididos em 08 turmas de 12 participantes em cada turma. Cada turma terá 01 encontro semanal com 01h00 (uma hora) de duração, em 10 meses de atividades práticas. A finalização do projeto contará com uma apresentação de capoeira, como forma de demonstração das técnicas aprendidas.
A capoeira ou capoeiragem é uma expressão cultural afro-brasileira que mistura arte marcial, esporte, cultura popular, dança e música.

Continue lendo

Celebridades

Motoristas da Uber e 99 se organizam para lançar um aplicativo de transporte em SP

At vero eos et accusamus et iusto odio dignissimos ducimus qui blanditiis praesentium voluptatum deleniti atque corrupti.

Publicado

em

De

Foto: Shutterstock

O celular toca solicitando uma nova viagem. Valmir verifica a distância que o separa do passageiro, que espera em um ponto de São Paulo, e o rejeita. “Virei matemático dirigindo”, ironiza este motorista de Uber, obrigado a fazer cálculos para terminar o dia com saldo positivo. “Pelas altas da gasolina, tenho que fazer contas logo para escolher corridas rentáveis, e não acabar dando uma carona para o passageiro”, diz o homem de 56 anos, que há três trabalha para plataformas digitais de transporte na maior cidade na América Latina.

A precarização do ofício está levando esses trabalhadores, que somam 150 mil ativos na cidade, a se organizarem para lançar um aplicativo, que eles dizem ser pioneiro, e concorrer com os gigantes Uber e 99. Nova plataforma Chamada “Me Busca”, a plataforma criada por uma empresa brasileira e apoiada pela Ammasp (Associação de Motoboys e Motoristas de Aplicativos de São Paulo) é, segundo seus idealizadores, a primeira da região a surgir de uma iniciativa de autogestão. Embora já tenha havido um projeto anterior na Colômbia, sem sucesso. Queremos que os motoristas consigam todas as condições que as empresas não proporcionam: melhores remunerações, mais segurança e mais qualidade de vida.

Continue lendo

Celebridades

Inteligência Artificial leva a cibersegurança a um novo patamar

Neque porro quisquam est, qui dolorem ipsum quia dolor sit amet, consectetur, adipisci velit, sed quia non numquam eius.

Publicado

em

De

CLM distribui a recém-lançada hipersolução de cibersegurança, nascida a partir da parceria da SentinelOne com a Barracuda

Na busca incessante para combater a criatividade e a sofisticação dos cibercriminosos, que ocasiona o aumento exponencial dos ataques, empresas especializadas agregam diferentes tecnologias para melhor proteger seus clientes.

A tradicional Barracuda Networks, especializada em soluções de segurança da informação, por exemplo, une forças com a SentinelOne e aposta na plataforma autônoma de cibersegurança Singularity XDR para ajudar seus MSPs (Managed Service Provider) a prevenir, detectar e responder às ameaças, de forma autônoma e em tempo real, com XDR gerenciado por Inteligência Artificial.

“A aliança entre essas duas empresas eleva a segurança cibernética ao próximo nível“, avalia Tom Camargo, diretor da CLM, distribuidora latino-americana de valor agregado especializada em infraestrutura para data centers, cibersegurança, proteção de dados e Nuvem, que distribui soluções da gigante do XDR, SentinelOne, e Barracuda na América Latina.

Vale lembrar que o XDR – Extended Detection and Response – é uma ferramenta para detecção e resposta multicamadas, que coleta dados e automaticamente os correlaciona em diversas camadas de segurança – e-mail, endpoint, servidor, workloads de Nuvem e redes.

A SentinelOne é reconhecida por sua solução XDR e a Barracuda adquiriu, em meados de 2021, a empresa SKOUT Cybersecurity, especializada em SaaS para MSPs, com plataforma e serviços de XDR.

Camargo explica que a SentinelOne tem uma plataforma de novíssima geração baseada em Inteligência Artificial que não precisa esperar a central identificar um novo ataque, gerar uma assinatura e disponibilizá-la para download.

“O que pode levar várias horas. O SentinelOne dispensa esse processo, identificando mudanças no comportamento do endpoint, dos servidores, da rede e pronto”, assinala o executivo.

Por sua vez, a Barracuda, também distribuída pela CLM, quer fortalecer seu portfólio de proteção e resposta de endpoint para os MSPs, o que é mais efetivo com a integração de recursos de API de última geração e de fluxo de trabalho flexíveis da plataforma SentinelOne.

Agora, tanto os MSPs que usam o Barracuda SKOUT Managed XDR, quanto os que usam o XDR da SentinelOne podem ter acesso a análises, detecção e relatórios de incidentes, de forma muito ágil e simples.

Continue lendo

Destaque