Gramado (RS) – Após não ter aparecido na exibição de Bacurau, no Festival de Cannes, em que o filme nacional ficou com o grande prêmio do júri, a atriz Sônia Braga deu o ar da graça no 47º Festival de Cinema de Gramado. Com sessão prevista para logo mais, às 18h, no Palácio dos Festivais, Bacurau, o filme de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles, contará com a protagonista de “Dona Flor e seus dois maridos” no tapete vermelho, abrindo o evento – em caráter fora de competição.

A sessão competitiva, logo em seguida, terá a presença do brasiliense Iberê Carvalho, defendendo o primeiro dos sete filmes em competição: “O homem cordial”. Para a tarde, estão previstas as chegadas de dois dos astros do filme: Paulo Miklos, ator premiado por “É proibido fumar”, e Thaíde, rapper de atuação retumbante no Brasil. É a união do rock e do rap na telona, mais de 20 anos depois de “O invasor” (do qual Miklos tomou parte), filme de Beto Brant consagrado no Festival de Brasília do Cinema Brasileiro.

DEIXE UMA RESPOSTA